Corrente de Reviews – Katanagatari

Apenas para relembra o que é a Corrente de Reviews, ela é uma iniciativa idealizada pelo Diogo Prado do blog Anikenkai, cujo objetivo principal é unir mais os blogs brasileiros e fazer com que eles possam se conhecerem melhor, criando uma grande corrente onde cada blog indica um anime ou manga para outro blog que escrever sobre ele e indica para outro. Até o momento tivemos 6 textos e o meu sendo o 7º. Esse evento até o momento é o maior evento de blogagem coletiva, já feito aqui e esse sendo o primeiro evento desse tipo que participo. Estou muito feliz de pode participa e espero que gostem da minha review sobre Katanagatari que foi indicado pelo blog Super Mundo Robô.

Katanagatari segue Shichika o último mestre do Kyoto Ryu técnica espadachim onde não se usa espada ao invés disso se transforma seu corpo numa espada afiada. Ele vivia calmamente com sua irmã mais velha numa ilha isolada até que uma mulher que se auto-intitular Supervisora da Campanha de Guerra, sob ordens diretas do Xogum Yanari, do Xogunato Owari, a estrategista Togame, chegar nessa ilha procurado ajuda para procurar e adquirir as 12 espadas alteradas do lendário ferreiro Shikizaki Kiki, cujo poder maligno de apenas uma delas pode destruir um exército inteiro.

Como ela mesma disse já foi traída varias vezes na tentativa de conquista as espadas alteradas, então ela não pode mais confiar em ninguém que lute por dinheiro ou honra, pois acabaria por ser corrompido pelo poder das espadas, ela decidi apela a alguém que lutaria por amor e esse seria o jovem e  ingênuo Shichika.

A história a partir desse ponto acompanha Shichika e Togame na busca pela espada e pelos desafios se passa paras conquistar-las.

Katanagatari se baseia na light novel homônima, de Nisio Isin mesmo autor da já consagrada serie de light novels Monogatari. A light novel tem 12 volumes, a mesma quantidade de episódios do anime que desde sua concepção é completamente diferente do usual com 12 episódios de 50 minutos que foram lançados mensalmente fazendo o publico espera um ano para ver o fim das aventuras dos nossos personagens.

Sendo 12 episódios e 12 espadas, basicamente cada episódio trata de como se conquistou uma espada em especial tanto que os títulos dos episódios são os nomes de cada espada.

Katanagatari a primeira vista parecia que se focaria apenas no casal Shichika e Togame e o amadurecimento da relação deles, e deles como pessoas, sim esse aspecto da historia é trabalhado com maestria, mas o verdadeiro foco das historia é revela com cada novo inimigo uma resposta diferente para a pergunta” Por que lutar? ” feita por Shichika, até ele encontra sua própria resposta. E falando a respeito dos inimigos que aparecem no decorrer da historia tudo possuem motivos mais do que validos para precisarem do poder das espadas, e, além disso, são extremamente simpáticos, eu com espectador sentir empatia por todos, em especial pelos Maniwani, por vários motivos que não revelarei agora por não querer passa spoilers.

Algo que chama atenção nessa produção e o equilíbrio quase tênue entre o humor, o drama e a ação que tem nesse anime. Algo que poderia espera de uma obra de Nisio Isin. O grande destaque desse anime é os seus diálogos, que muitas vezes são mais emocionantes do que qualquer cena de ação, não que esse anime não tenha cenas de ação,lutas tem ao menos 2  a cada episódios, mas como esperado de uma obra que saiu de uma light novel os diálogos são o ponto chance desse anime, ficando as lutas quase que em segundo plano, mas não se preocupe fã de batlle-shounens você não se ficará desapontado com as lutas desse anime todas elas são emocionante, ao ponto de fazer todos vocês colarem seus rostos na tela de seus PCs.

Além de ter uma boa construção de personagens, de idéias, e ótimos diálogos, o enredo desse anime é maravilhoso onde podemos encontra várias reviravoltas na trama que são inegavelmente inesperadas. Além disso, ele conseguir desenvolver os personagem a fundo, mesmo com a dificuldade se uma serie que pode se considerada episódicas.

Agora que já falei da historia de anime vamos fala dos aspectos técnicos desse anime.

A arte: Nesse anime encontramos um designer de personagem bem simples, um tanto cartunesco, bastante colorido tanto nas roupas do personagem tanto no background que é lindo, eu como já disse antes amor a simplicidade. Mais um maravilhoso trabalho da White Fox.

Musicas: Esse anime com certeza tem uma grande trilha sonora tanto em numero de musicas tanto na sua qualidade, com 2 musicas de abertura  , 12 de encerramento e com varias musicas de fundo ou se preferir osts. Todas essas musicas ajudam a complementa o anime, algumas ajudando a passa a idéia da historia se passa no Japão medieval, e outras a passa desde a emoção de uma lutar a tensão de uma negociação. Um belo trabalho de arranjo e logico de composição de trilha sonora de Taku Iwasaki.  Ninguém pode fala nada contra a qualidade das musicas desse anime. Ouçam vocês mesmos.

Esse anime acabou passando um tanto despercebido por conta da grande quantidade de grandes produções que saiu no ano de 2010, como Angel Beats! e  Durarara!!, e também pela forma ariscada que foi transmitindo sendo mensal acabou por atrair uma menos atenção do publico.

Katanagatari é uma obra que maravilhosa que deve se assistida por todos aqueles que não se importam por verem uma animação simplista, onde a maior espada é o seus diálogos, e que as lutas ficam em segundo plano, onde encontramos vários personagem carismáticos tanto que é muito difícil disse quem é seu favorito, logicamente excluído os principais. Vejam que não vão se arrepende.

Espero que tenham gostando do meu texto, o próximo blog nessa grande corrente de reviews será o Nahel Argama e o anime indicando será Mushishi, um anime que marcou a minha entrada aos animes mais maduros.

Anúncios

4 Respostas para “Corrente de Reviews – Katanagatari

  1. Pingback: Corrente de Reviews – Mushishi | Nahel Argama·

  2. Katanagatari é um anime que não conhecia, acho que exatamente pela exibição fora do comum, mas que cumpre muito bem a proposta da corrente. Achei muito interessante o visual e o fato de ter tantos encerramentos. Esse com certeza será mais um anime para a lista que a corrente está me rendendo.

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s