Musica da Semana 1 – One Life – The Pillows

A um bom tempo atrás disse que começaria novas colunas uma dela já comecei que é as Minhas Leituras que será mensal a outra que prometi seria uma dedicada a resenhar álbuns de musica de todo os tipo e ela também seria mensal, seria porque não tenha mais( por enquanto) por conta dos meus problemas com o tempo, mas na intenção de transforma esse humilde blog mais musical já comecei a coluna AMV Day que já costa com dois artigos e agora estou começando essa nova coluna que será semanal, provavelmente todo Domingo, será postando uma musica diferente de uma banda ou artista que eu goste.

E para começa!

The Pillows

The Pillows é umas das minhas bandas favoritas, umas das poucas bandas de rock atual que se mantiveram firme ao padrão clássico desse estilo, com letras que maravilhosas ,que emocionam a todos por passarem o sentimento de juventude que muitos de nosso perdemos com o passa do tempo.

Para quem não conhece ela consta atualmente com quatro integrantes

Shinichirou Sato (Bateria)
Yamanaka Sawao (Vocal/Guitarra)
Yoshiaki Manabe (Guitarra)
Suzuki Jun (Baixo)

Já esta na ativa por mais de 20 anos desde 1989

Mais conhecida pela ost de FLCL, mas não se limita apenas a isso. Procurem conhece mais ela que não irão se arrepende.

Agora irei direto ao ponto que é a musica.

Eu indico para vocês ouvirem a bela musica, One Life, o 10º single da banda que faz parte do álbum  Little Busters de 1998, o 5 º álbum de estúdio da banda e talvez o mais famoso.

Eu considero umas das parte mais importante da apreciação de qualquer musica, a compreensão de sua letra então aqui a letra dessa bela musica.

One Life

Se as pétalas azuis balançarem
Mesmo que o vento não sopre
É por causa de meu fado
Não me recordo muito bem, mas deve ser por causa disto

Eu me envolvo com a escuridão dos dias
E sou limitado por minha liberdade
Os sonhos que eu e você tivemos eram tão estonteantes
Não posso mas me encarar de frente

Há apenas uma luz
Que meu sujo espelho reflete
Isso não é falso
Você é minha luz

Um caramujo se livra de sua armadura retorcida
E sai em uma jornada
A chuva castiga seu corpo
Ele está numa pior, mas mesmo assim não voltará

Fui cuspido denovo
Daquela miragem de uma cidade colorida
Eu sei que é por causa de meus dedões que ficam no caminho
Eu quero escondê-los, mas mesmo assim

Não importa o sapato que eu ponha
Se ando, deixarei pegadas
E quando elas cessarem em algum lugar
Serão a prova do quão longe cheguei
Única vida

Essas memórias que não podemos tocar
Algum dia se perderão
Mas mesmo se minha forma não permaneça
Você é minha luz

Espero que tenham gostando, até semana que vem!

Anúncios

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s