Minhas Leituras 7 – A Pessoa Amada (NewPop)

pessoa amada

O grupo de mangakas Ageha Ohkawa, Mokona, Tsubaki Nekoi e Satsuki Igarashi, conhecidas como Clamp é já muito conhecidas pelo publico por obras de grande relevância no gênero shoujo como RG Veda, Chobits, Guerreiras Mágicas de Rayearth, xxxHOLiC, Tsubasa Reservoir Chronicle e Angelic Layer, Kobato, Sakura Cardcaptor e muitas outras obras. Este quarteto que iniciou nos conhecidos dōjinshis e se tornou uns dos mais bem sucedido grupo de mangakas da atualidade, tendo um multidão de fãs, já tendo ganhados vários prêmios com suas obras, além de milhões com as mesmas.

As editoras brasileiras já publicaram vários de seus títulos, e obviamente obtiveram um bom sucesso com eles, tanto que de tempos em tempos vemos algum titulo do grupo nas nossas bancas.

Hoje falei de uns dos últimos materiais do grupo em nossas terras, sendo ele proveniente de uma parceira entre o grupo e a editora NewPop, editora que promete trazer mais títulos de nossas queridas mangakas.

E torno de Outubro de 2012 a editora NewPop publicou a pequena e até então pouco conhecida coletânea de 12 pequenas histórias, reunidas em um único volume de manga. Essas pequenas histórias cada uma tem como temática algum aspectos da visão feminina quanto ao amor e aos sentimentos mais puros de uma pessoa.

‘’O amor, traduzido em várias formas, atrapalhado pelo tempo, pela distância, pelas dúvidas. Nem tudo é flor, mas sempre existe uma saída. E nas mãos das meninas do CLAMP, você vê as experiências reais que os relacionamentos podem proporcionar, transformando o mais mundano dos amores em histórias fantásticas.’’

Diferente de seus mais famosos título, este titulo não usar do mítico e sobrenatural como fundo de história, muito mesmo mascote fofos para enfeita-la, é usado apenas a experiência da mesmas sobre o amor e sobre os diversos aspectos da mentalidade feminina.

A cada curta história temos um tema diferente, e igualmente um personagem diferente, não é dando nome a nenhum personagem, pois a verdadeira intenção é retrata aquela situação que é tema naquele capitulo, cada personagens sendo a representação de cada lado naquela história.

É tratado nesse manga em cada diferente história um sentimento, um desejo pertinente  a quem está amando. É falando de forma coesa e clara, desde o desejo de quem brigar com quem gosta quer fazer as prazerem, ao simples desejo de qualquer pessoa apaixonada em querer ver seu amor, é falando sobre o grande problema (principalmente no Oriente) de ter um relacionamento com pessoa mais jovem, sobre a dificuldade da distancia numa relação.

Mesmo tendo como por de vista feminino em nenhum momento as história deixar de fala para nos homens, todos esses sentimentos e incertezas são sentindo igualmente entre os sexos. Diga quem não querer está junto de quem amar, quem saber e entende facilmente o que é amor e como ele começa, diga quem não precisa de coragem para declarar seu amor abertamente sem saber que será correspondido, quem não tem suas inseguranças, quem não quer está bem e bonito para seu amor.

Todos que amam sentem as mesmas coisas apenas de formas diferentes e agem de jeito diferente, homens e mulheres não são tão diferentes quanto se fala do amor.

Um dos pontos mais positivos do manga e suas curtas história, são os relatos das próprias autoras sobre as situações de onde se baseiam as história, sendo isso feito em pequenos textos após os capítulos.

Além de ótimas histórias este titulo possuir uma arte linda e maravilhosa, algo típico dos trabalhos da Clamp, mas que sempre tem que se repetido.

Este belo título é fruto da parceira entre Nanase Ohkawa (história) e Tsubaki Nekoi (desenhos) para a antologia Josei Young Rose da editora Kadokawa Shoten. E foi publicado no ano 1995.

A NewPop trouxe esse título no ano  de 2012, com uma ótima qualidade gráfica, suas primeira paginas então em papel couché, dando um brilho único as ilustrações e deixado mais lindo ainda as belas ilustrações coloridas em aquarelas do inicio do manga. Em seu restante o manga é imprimindo em papel offset, todo branquinho e sua capa é cartonada. Logico que por se publicado em qualidade melhor do que a maioria dos manga que vimos nas nossas bancas, A Pessoa Amada tem um preço um pouco mais elevado, saindo por R$ 14,00.

A Pessoa Amada é uma ótima leitura, que mostra o lado mais sentimental do ser humano de forma simples, clara e coesa.  Sendo uma leitura recomendada a todos que estejam interessados em conhecer um pouco mais desse lado do ser humano, o lado sentimental que todos nós temos, mas né sempre assumimos.


Titulo Original: Watashi no Sukina Hitoa pessoa amada

Titulo Nacional: A Pessoa Amada

Gêneros: Romance, Shoujo, Slice of Life

Ano Publicação ( Japão): 1995

Ano Publicação ( Brasil): 2012

Editora (Japão): Kadokawa Shoten

Editora (Brasil) : NewPop

Formato: 12,7 cm x 18,9 cm

Páginas: 132

Valor: 14, 00

Anúncios

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s