Mais detalhes sobre relançamento de Love Hina e sobre Death Note Black Edition

Há aproximadamente a duas semanas atrás, foi divulgado pela editora JBC, por meio de seu canal no Youtube, Henshin Online, que a mesma irá relança Love Hina, primeiro grande sucesso do mangaka Ken Akamatsu, agora em versão tankobon e com a mesma qualidade dos outros relançamento da editora como Sakura Cardcaptor e Rurouni Kenshin.

Já foi divulagada a capa do primeiro volume, sendo ela bem similar a da primeira edição antiga, com pequena mudança.  Como disse o manga virá aos mesmos moldes dos outros relançamentos de editora com papel offset, bem branquinho e algumas paginas coloridas o preço divulgado é de R$ 14,50. É provável que chegue ainda este mês as bancas, sendo que já está na checklist da JBC.

Love-Hina-Editora-JBC

O que acharam dessa capa, já ficaram empolgados?

 Também foi anunciando juntamente com Love Hina, o lançamento de Death Note: Black Edition, uma versão de luxo do manga Death Note dos mangakas Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, que já foi lançadas em vários países ao redor do mundo. Cada volume dessa edição especial, compreendem dois tankobons , com média de 450 páginas, sendo no total 6 volumes, esta edição de luxo vem com papel especial, capa envernizada, 8 paginas coloridas e um acabamento especial, além de logicamente revisão em sua tradução.

Este matéria é voltado as livrarias e lojas especializadas, sedo uma cara tentativa de contemplar um segmento do nosso mercado que é a muito tempo esquecido, os colecionadores.

Já foi divulgado seu valor, que será de R$ 39,90, com periodicidade mensal, seu lançamento é previsto para ainda o primeiro semestre do ano.

Eu pretendo compra ambos, e vocês, já prepararam a carteiras?

Anúncios

Uma resposta para “Mais detalhes sobre relançamento de Love Hina e sobre Death Note Black Edition

  1. Hm… Eu realmente queria colecionar Love Hina. Vejo nesse re-edição, uma oportunidade de começar e completar a tão sonhada coleção, né? Se for no mesmo nível de qualidade de Sakura, acredito que será satisfatório. Mas acho curioso essa recente fixação da editora por “reviver” antigos títulos. Fico pensando se é por não haver títulos novos e interessantes para vender, ou se é simplesmente por acharem que os mesmos ainda possuem potencial para conquistar os novos leitores.

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s