Resumão – O que assisti – Outubro 2013 (Parte 1)

Faz tempo que não escrevo por aqui e sinceramente peço desculpa por isso, não pretendo deixa de escreve para o blog por tanto tempo, e farei o máximo para que isso não aconteça novamente.

Apenas para relembra esta coluna consiste em um pequeno resumo dos animes assisti durante o mês de Outubro, mas diferentes das edições anteriores este resumo será dividido em três  partes, por conta da grande quantidade de animes que assisti neste mês e por que uma matéria mais dinâmica e por torna-la menos longa acredito que alcançarei este resultado. Se os resultados forem os esperados continuarei trabalhado desta forma com esta coluna.

Completo

Kowarekake no Orgel

Kowarekake no Orgel

Kowarekake no Orgel (Caixa de Musica Meio- Quebrada) é um anime feito de forma independente, lançado como OVA de episódio único possuído por volta de 30 minutos, ,dirigido por Keiichirou Kawaguchi  (Hayate no Gotoku!, Minami-ke, Moetan, SKET Dance), com Shinichi Inotsume (Hayate no Gotoku!, Nyan Koi!,SKET Dance)responsável pelo roteiro, e o artista conhecido como POP (Haitai Nanafa, Moetan)é o responsável pelo Character Design. Produzido pelo estúdio ElectromagneticWave. Mesmo sendo um trabalho independente esta obra possui uma equipe longe de se amadora.

A Ova conta a história de Keiichiro um jovem que vive sozinho em sua humilde casa. Ele se passou por muito sofrimento em sua vida desde um acidente de carro, onde seus pais e sua irmã menor morreram e apenas ele sobreviveu, e desde então ele vem se culpando pelo acidente. Em um dia chuvoso, ele se abriga em um velho santuário. Ali ele vê uma garotinha, sentada em uma cadeira em volta de lixo, ela mesmo sendo lixo – um antigo modelo de parents (um tipo de andróide) que alguém jogou fora. Ele acaba a levado para casa, mesmo depois de se informado pela loja de reparo que ela não mais funcionaria, acabado a deixado em seu banheiro. No outro dia, quando ele acorda, Keiichiro percebe que aquela garotinha androide está na cozinha, preparando seu café da manhã. Ela não tinha um nome, então enquanto olhava para um girassol, Keiichiro a deu um nome – Flower. Após isso eles começaram a viver juntos.

Com um plot bem simples sendo focando na interação dos personagens principais, com um ritmo lento e emotivo faz com seja uma obra encantadora e que passa verdade na forma que é mostrada a interação dos personagens.

Está pequena série toca direto em nosso coração.

Review completa e mais detalhada em Um Anime Por Dia.

Rain TownRainTown-Rain Town é um pequeno curta independente, dirigido por Hiroyasu Ishida, estudante de animação na Kyoto Seika University, famosa faculdade do manga, Hiroyasu Ishida é conhecido mundialmente pelo seu curta Fumiko’s Confession’s, e  Rain Town foi produzido junto com seu amigo e colega Yoshida Shougo como projeto de graduação.  O curta foi disponibilizado diretamente para o Youtube em 6 de Março de 2011.

A história se passa em uma cidade onde nunca para de chover, tendo todos seus moradores á abandonado há tempos mudando para regiões altas, o curta tem conta a pequena história  uma garotinha encontra um robô, e esse robô, ao encontrar essa garotinha, começa a recordar de seu passado…

Possuindo uma história simples sobre a amizade ideal, trabalhado numa animação surreal, tocante e com uma grande carga de imaginação. Sendo uma obra que nos demostra o grande talento de Hiroyasu Ishida que poderá se torna um dos grandes nomes da animação num futuro bem breve.

Review Completa em Um Anime Por Dia.

Dance in the Vampire Bund

dance-in-the-vampire-bund

Dance in the Vampire Bund é um anime de 12 episódios produzido pelo estúdio Shaft, com direção de Akiyuki Shinbou, sendo baseado no manga homônimo de Nozomu Tamaki, publicado pela Comic Flapper com 14 volumes encadernados. Já tendo uma continuação em andamento.

Depois de milênios se escondida, Mina Tepes, a Princesa e governante regente de todos os vampiros, quer mudanças. Usado a fortuna da família Tepes, ela paga toda a divida do Japão, ganhado o direito sobre um distrito especial, onde ela planeja cria o Reino dos Vampiros, onde ela planeja reuni todos os vampiros do mundo. Após revela a existência de vampiros a todo o mundo, opositores, terroristas tentam impedir a realização do sonho da Princesa dos Vampiros, passado com ajudar do estudante de 17 anos Akira Kaburagi Regendorf, seu leal servo ela enfrenta todos estes problemas.

Tendo uma temática comum que são os seres míticos conhecidos como vampiros, Dance in the Vampire Bund poderia se apenas mais uma obra com esta temática e fica esquecido, mas por conta da forma que aborda este tema se torna uma obra cativante e diferente.

O anime possui varias facetas, tendo um lado politico e filosófico bem trabalhado e em maior parte do tempo bem equilibrado entre o romance e a ação muito bem coreografada da série, mas acabando se focando em momentos desnecessários apenas no erotismo, fazendo assim a obra perde o foco em aspecto mais interessante e deixado varias perguntas sem respostas.

A série possui um bom corpo de personagens principais, aprofundado muito bem as suas relações, mas seus personagens secundários e  são vazios e cheios de clichês.

Dance in the Vampire Bund é uma obra que possuía uma grande potencial, vindo de sua obra original, mas acabou sendo uma obra apenas boa por conta de não consegui utiliza todo este potencial, mesmo não sendo tudo que prometia é uma obra divertida, cativante e diferente.

Review Completa em Um Anime Por Dia.

Seiken no Blacksmith

Seiken no Blacksmith-I

Seiken no Blacksmith (A Espada Sagrada) é um anime de 12 episódios, produzido estúdio Manglobe, dirigindo Masamitsu Hidaka, com roteiro de Masashi Suzuki (Kanokon, Oda Nobuna no Yabou, One Off). A série é baseada na série de Ligth Novel homônima, de Isao Miura (história) e Luna (arte), totalizado 16 volumes.

Há 44 anos, a grande guerra de Valbanill devastou toda a nação. Uma das armas mais perigosas dessa guerra eram os Contratos do Demônio, nos quais humanos sacrificavam seus corpos para se tornarem poderosos demônios. Percebendo todo o dano que tais contratos causaram, as nações sobreviventes entraram em acordo e proibiram o uso deles novamente.

Cecily Cambell é a terceira geração de cavaleiros de Housman, uma das cidades de comércio independente, uma confederação democrática de cidades. Como seu pai foi um dos fundadores das Cidades de Comércio Independente, ela tem orgulho de sua linhagem e quer proteger a cidade como cavaleiro, assim como seu pai e seu avô fizeram. Certo dia, ela luta contra um veterano de guerra louco que causou rebuliço no mercado da cidade e, sem experiência de combate, é derrotada. Mas ela é salva por um ferreiro chamado Luke Ainsworth. Cecily fica impressionada com a katana do Luke, uma arma que jamais vira, e pede que ele faça uma para ela. Seu envolvimento com Luke a leva para uma aventura inesperada.

A série possui um roteiro simples, com clara influencia nos típicos jogos de RPG com ambientação medieval, utilizado vários de seus clichês tanto no roteiro como na caracterização de seus personagens.

Mesmo não sendo uma obra nada inovadora ela saber explora muito bem estes clichês fazendo com seja uma obra divertida e carismática.

Uma obra apenas mediana, mas pode se muito divertida se tive poucas expectativas sobre ela.

Review Completa em Um Anime Por Dia.

Little Busters!

little busters-u

Little Busters! , é a adaptação da visual novel homônima desenvolvida pela Key (Kanon, Air, Clannad) sendo Little Busters! a sexta produção da Key  é umas das mais populares, lançada 27 de Julho de 2007 para PC. O anime é uma produção da J.C. Staff possuindo 26 lançado de 6 de Outubro de 2012 á 6 de Abril de 2013, tendo direção de Yoshiki Yamakawa (Hatsukoi Limited, Hells, Kill Me Baby). E já tendo uma continuação sendo transmitida nesta temporada, Little Busters!: Refrain.

Quando Riki era criança, seus pais morreram, deixando-o depressivo e sem esperanças. O que o salvou foi um grupo de quatro crianças que se autodenominam “Little Busters”. Eles pegaram Riki e brincaram com ele durante seus tempos de necessidade. Ele adorava passar o tempo com eles, então a sua dor foi sumindo com o tempo. Agora, Riki já está em seu segundo ano do colegial, e Kyousuke, o “líder” do grupo, está prestes a finalizar a escola (que todos frequentam juntos), o grupo de amigos se depara com uma separação iminente, e que nada dura para sempre… Com isso, eles decidem fazer algo para se lembrar dos velhos tempos: jogar beisebol juntos; enquanto desejam que a vida, como ela está agora, pudesse continuar eternamente…

Eu já tinha assistindo os primeiros episódios de Little Busters! na época de sua estreia, mas acabei parado de assisti e agora depois de muito tempo acabou me dando vontade de assisti a série e a vi em praticamente uma trancada só.

Little Busters!  possui um roteiro interessante, mas com vários pequenos furos que prejudicam a qualidade final da obra. O anime possui um corpo de personagens amplamente carismático, interessantes e bem diferentes.

Little Busters! é uma obra que nos remente a nossa época de adolescência e passado a lição que infelizmente está época não é eterna. Sendo nos apresentado com um belo equilíbrio entre humor e drama.

Esta é apenas a primeira parte da história da visual novel de Little Busters! sendo que a parte final esta sendo adaptada no anime Little Busters!: Refrain que está sendo transmitido atualmente.

Review Completa em Um Anime Por Dia.

Aguarde em breve a continuação com os animes que estou assistindo.

 

Anúncios

2 Respostas para “Resumão – O que assisti – Outubro 2013 (Parte 1)

  1. Pingback: Resumão – O que assisti – Outubro 2013 (Parte 2) | Only Good Animes·

  2. Pingback: Resumão – O que assisti – Outubro 2013 (Parte 3) | Only Good Animes·

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s